Difererenças culturais: Não chame meu bebê de chato!

Imagine a cena: Uma mãe está com um bebê de poucos dias ou meses e a criança começa a chorar. Se após tentativas da mãe ou de outra pessoa próxima a criança continuar chorando, a avó eslovena, pode também a tia eslovena, a prima eslovena, a amiga eslovena, a fisioterapeuta eslovena, a enfermeira eslovena … chamará o bebê de chato.

Luna p
Ali si mala tečka? / Você é uma pequena chata?
tečka, tečko adj. chata, chato.

Bebês nunca choram porque são chatos. Choram por estarem com fome, frio, porque querem colo, carinho da mãe, porque estão com arroto preso, com sono, com dor, com coceira, com algo incomodando, porque têm muito ou pouco estímulo, porque estranham o ambiente que estão ou as pessoas que o rodeiam.

“O choro é o único mecanismo que os lactentes tem para nos comunicar sua sensação de mal estar, seja qual for a razão do mesmo; nas suas expectativas, no seu continuum filogenético não está previsto que este choro não seja atendido, pois não tem outro meio de avisar sobre o mal estar que sentem, nem podem por si mesmos tomar as medidas para resolvê-lo”. – Blog Maternidade Consciente

Chamar um bebê de chato na cultura eslovena não é ofensivo. Na primeira vez que chamaram minha filha de chata, estranhei, mas coloquei um sorriso amarelo no rosto. Achei que iria costumar na décima vez que ouvisse, mas não. Mesmo depois de cinco meses, meu ouvido viciado na tradução literal esloveno-português, ouve o tečka como uma pequena repreensão e bebês não devem ser repreendidos por pedir ajuda. Não é repreensão diz o marido esloveno? Carinho e estímulo também não é. Responde mal-humorada a mãe brasileira que lembra do curso de pós-graduação em Terapia em que os professores tanto falavam sobre a dificuldade dos eslovenos em expressar/confiar seus sentimentos aos outros.

Agora, se a criança está satisfeita, não solicita atenção, parece calma e não chora os eslovenos as elogiam chamando-a de priden / pridna adj. esforçado(a); dedicado(a); bem-comportado(a).

Kako si pridna? / Como você é comportada?

Sempre que me perguntam se a Luna dorme a noite toda e respondo que sim, dizem logo em seguida: Kako je pridna! (Como ela é comportada!)

Bebês não dormem por inúmeros motivos que não tem relação com o bom ou mal comportamento.

Dai a César o que é de César.
Por outro lado nunca antes tinha visto um lugar em que as crianças são tão elogiadas. Com sorriso aberto e voz animada, os eslovenos sempre incentivam os pequenos, mesmo nos pequenos atos, dizendo: Bravo! Bravo!

Juliana repita 10 vezes: Não traduzir o esloveno ao pé da letra, não traduzir o esloveno ao pé da letra, não traduzir o esloveno ao pé da letra…… A palavra chata só significa chata quando você acorda chata e chateia o seu marido. Quando sua sogra fala que sua filhinha de 5 meses é uma chata na verdade ela está chamando sua filha de “lindinha da vovó”.

4 Respostas para “Difererenças culturais: Não chame meu bebê de chato!

  1. Adorei seu post, amo estudar as diferenças culturais que existem até mesmo dentro do nosso imenso país.
    A proposito, sua filha é uma bonequinha linda !

  2. Bom saber que meu apelido Tecka significa chata em sloveno.
    Diferença cultural eh mesmo complicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s