Na Eslovênia, Igreja e Estado não andam juntos!

Ex-socialista, mesmo após a separação da Iugoslásvia em 1990 a Eslovênia continua mantendo a separação entre Igreja e Estado. É proibido colocar em qualquer instituição pública (escola, polícia, hospital, prefeituras, museus) quadros, estátuas, esculturas e qualquer outro objeto que faça menção à religião.

Há dois meses atrás houve um interessante debate nos jornais eslovenos. A igreja católica requisitava às autoridades legislativas autorização para colocar nas paredes das escolas, o crucífico com Jesus Cristo.

Jornalistas questionaram um professor esloveno sobre o pedido dos padres. Eis a resposta do professor: “Não me importo se a Igreja Católica quer colocar o símbolo da cruz nas paredes da escola, mas importo-me se for afixado apenas o símbolo do catolicismo! Se as autoridades eslovenas permitirem o símbolo do catolicismo, elas devem permitir a exposição dos símbolos de todas as outras religiões.”  E o professor finaliza o assunto com uma piada:  “Poderíamos resolver o assunto comprando uma TV de plasma . Fazemos um vídeo em que aparece aleatóriamente, a cada 10 segundos,  os diversos símbolos religiosos existente no mundo.

Até agora o pedido dos padres eslovenos foi rejeitado.